Atenciosamente

Beatriz Aquino Novaes Chicrala de

Talvez existam momentos em nossas vidas que precisamos nos desprender de lembranças que nos atormentam,machucam e deixam cicatrizes que são vistas diariamente. Cuidar dessas lembranças sórdidas alimentam a alma de um modo sombrio e horripilante. Nos abrir para o mundo e nos desprendermos dos nossos"monstros" podem dar um novo rumo à vida;rumo cheio de esperança. Portanto, todos temos direitos de ter esses "monstros" mas cabe a nós s tarefa de decidir: vamos,ou não, criá-los ?



A todo instante somos influenciados pela mídia e até mesmo pelo nosso próprio ego a seguirmos padrões de beleza que são julgados como os melhores.
Toda pessoa tem o desejo de se sentir bonito e apresentável. Isso não é nenhum crime.
Todo problema começa quando sofremos por não ser do modo como outras pessoas imaginam ou esperam. Somos discriminados por não ser bom o suficiente para uma sociedade que só visa o lado exterior das pessoas.
As consequências machucam o individuo que não está "adequado" ao padrão.
Se cada um se preocupasse com a sua vida,muitas pessoas poderiam ser poupadas dos pensamentos e palavras desnecessárias, que refletem diretamente no psicológico do individuo que sofre por causa de um bullying "não intencional".